Projetos Variáveis:


São João na Via Magia

Ao longo de toda sua história, tem sido sempre as festanças de São João, o fechamento do primeiro semestre de trabalho da escola da Via Magia, momento em que se encontram todos, famílias e educadores, crianças e adultos, e encerra-se nessa celebração, com “chave de ouro”, a primeira jornada de estudo do ano. Quando a escola era menor, podia-se ter inclusive, fogueiras e fogos.

Esse ano, houve até uma prévia junina dirigida por Humberto Barretto, pai de Liz, com a participação de Igor Reis, tocando violão, Tassius Cardoso tocando triângulo e Jerry Cunha tocando sanfona e também Têba, professora da Alfa, no pandeiro. O forró começou às 10h da manhã, na casa da educação infantil, e ficou bem animado até depois das 11h e 30min, quando os pais começaram a chegar para buscar seus filhos. Eles até aproveitaram um pouco da música e do clima gostoso do São João!

Antecede-se a essa culminância, experiências diversas nos diferentes grupos de idade da escola. Normalmente um ou mais grupos escolhe plantar milho, colhendo-os e saboreando-os antes do dia da festa. Acontecem muitas conversas sobre as origens dessa comemoração. Há quem escolha confeccionar bandeirolas e balãozinhos, fazer fogueiras e depois pintar com as cinzas... Há uma série de ensaios: de quadrilhas, de cantorias e/ou de cenas de casamento na roça. A novidade de 2007 foi o fato de acontecerem duas festas, em vez de uma. O grupo de educadores havia observado que as crianças da educação infantil estavam desgostosas com a festa, muito bem freqüentada pelas famílias e pelas visitas bem-vindas de ex-alunos (e até ex-pais) e portanto muito cheia.

A mudança foi considerada acertada, já que as crianças menores tomaram o salão e dançaram à beça!

Na festa da educação infantil houve cantorias singelas, com canções brasileiras bem marcantes para a ocasião.

O grupo de 5 anos da tarde cantou Cai, cai balão, Pula fogueira e O balão vai subindo.
O grupo da Alfa da manhã cantou Carcará, de...

A Alfa da tarde realizou uma quadrilha especial, com pares não estabelecidos completamente, muito delicada e própria deles.

Na festa dos maiores do ensino fundamental, houve duas quadrilhas bem grandes (de 1ª e 2ª séries e de 3ª e 4ª séries). É interessante ver como, na medida que se assumia juntamente com as crianças, um processo de escolha (e não imposição) de pares, as várias possibilidades de composição deles, foi aumentando a adesão à quadrilha. Parece que hoje, a grande maioria do ensino fundamental da escola quer participar da quadrilha, mesmo as crianças que tinham dúvidas e até receios de fazê-lo.

Na verdade, a forma tradicional dessa dança foi sendo adaptada por alguns adultos da Via Magia e tem hoje, um certo jeito de se desenvolver. O momento da paquera (que inclui um esnobar o outro) é tão forte como túnel do amor e o arrasta-pé que vem depois.

As duas festas foram bem animadas e a música ficou por conta do Forró Pesado, que tinha Saulo, pai de Raquel, na sanfona, Nem no triângulo e Zé da Horta, na zabumba.

Nas duas festas houve também jogos de arremesso, de argola e bola, também de pescaria e de colocar o rabo no burro. Também aconteceram as corridas, de saco e de limão na colher. E o mais importante: pais, educadores, crianças e funcionários dançaram juntos e separados, aos pares, em quadrilhas improvisadas, em roda e em fila... Êta coisa boa, esse forró que envolveu toda a comunidade da Escola!


 
 
     
 
 
     
 
     
 
 
     
 
HOME | APRESENTAÇÃO | ATIVIDADES | CORPO | ARTES | ÁREAS ESPECIAIS | PESQUISA | ADULTOS | MIDIATECA | CONTATO
 
 
Rua Henriqueta Catarino, 123 - Federação - Salvador - Bahia - Brasil - CEP: 40.230-101 - Tel.: +55 71 3247-0068
escola@viamagia.org - Mapa de Localização da Escola
2014 ©Copyright - Todos os direitos reservados a Casa Via Magia.